Pedagogia Musical Brasileira

Coordenação:

Prof. Dr. Juvino Alves Filho (CECULT/UFRB)
Prof. Dr. Sólon de Albuquerque Mendes (CECULT/UFRB)
Prof. Dr. Alex Mesquita Costa (UFBA)

Ementa: 

O ensino/aprendizagem de música no Brasil vem passando por mudanças de paradigma em que a cultura nacional ganha relevância em relação à cultura estrangeira. Dessa maneira, o educador musical do século XXI parece estar diante de um desafio docente, que requer a aproximação com a diversidade artístico-cultural presente no Brasil que envolve o campo da música. Existe um conjunto de saberes e fazeres musicais que foram desenvolvidos ao longo dos anos e que se configuraram e se consolidaram como processos pedagógicos de formação musical e construção de conhecimento.
Em um dos trabalhos mais relevantes escrito sobre o assunto, o livro Pedagogia Musical Brasileira no Século XX: Metodologias e Tendências, da autora, Ermelinda Paz, ela nos diz: A constatação da importância do trabalho que grande músicos-instrumentistas e/ou compositores e pedagogos musicais realizaram - trabalho esse, na maioria das vezes, sem registro - foi o principal elemento incentivador deste trabalho. A falta de livros que historiassem o movimento renovador do ensino de música, no Brasil fez com que buscássemos os especialistas da área, em grande parte ex-alunos dos idealizadores do método, de modo que fosse viável traçar um perfil vivo de uma realidade que não pode nem deve extinguir, por falta de continuadores. (Paz, 2000).
Esses saberes e fazeres se inserem na dimensão das formas de aquisição ativa de uma Cultura Musical Brasileira como conjunto de manifestações musicais surgidas ou desenvolvidas no Brasil a partir das diversas vertentes civilizatórias que conformaram a nação brasileira, considerando nesse trabalho, principalmente, as culturas, índiobrasileira, lusa e afrolusófona como grandes referenciais no desenvolvimento e construção da diversidade cultural e musical do Brasil, além da participação de outros povos e nações do mundo como Árabes, Italianos, Franceses, Espanhóis, Alemães, dentre outros. Considerando o que foi colocado acima, essa proposta tem como principal objetivo reunir e apresentar trabalhos no II ENICECULT - Encontro Internacional de Cultura, Linguagens e Tecnologias do Recôncavo, abrindo discussões e reflexões sobre os processos didáticos, metodológicos e pedagógicos desenvolvidos e consolidados no Brasil a partir dos diversos mananciais culturais de oralidade e escrita, da música tradicional, popular, erudita, dentro dos contextos informais e formais. Outrossim, definições e fundamentos contribuirão para o avanço das discussões que fundamentam e regulamentam a formação do docente de música no Brasil e é aqui colocado como ponto de partida para discussões no simpósio ora proposto. Segue abaixo alguns subtemas sugeridos para submissões de trabalhos:

Métodos tradicionais versus métodos inovadores na formação em música brasileira;

Formação pedagógica do professor de musica;

Perfil do professor de musica;

Formação de artistas-professores;

Ensino da música brasieira no ambiente escolar;

Visões pedagógicas da música brasileira;
Formação em música brasileira e mercado de trabalho; 

Pedagogia da performance musical e processos cognitivos; 

Iniciação à pedagogia da música brasileira;
Ensino da meusica brasieleira em nível intermediário (ou avançado); 

Ensino da música em instituições públicas (ou privadas); 

Ensino da Regência da música brasileira (coral /orquestral); 

Ensino coletivo de Performance musical (vários níveis); 

Legislação e Pedagogia da música brasielira (matrizes);
Pedagogia da música brasileira e outras áreas do conhecimento, etc. 


A proposta desse simpósio e suas discussões em torno da Pedagogia da Música Brasileira se justifica pelo fortalecimento dessa área como campo de conhecimento e formação no Brasil, além de trazer para o âmbito do Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicada-CECULT-UFRB, trabalhos de pesquisa que contribuirão com os cursos desse Centro, principalmente aqueles de formação em música como Curso de Licenciatura em Música Popular Brasileira e Produção Musical, dentre outros, desenvolvendo assim um consorcio de reflexões e atitudes em torno da formação em Música Brasileira. Dessa forma, neste Simpósio serão aceitos trabalhos que tenham aderência à proposta temática e aos objetivos em referência. Poderão submeter trabalhos pesquisadores graduados, pós-graduados ou pós-graduandos em âmbito de especialização, mestrado ou doutorado.

Todos os Items

Nada foi publicado nesta categoria ainda.